Pular para o conteúdo principal

Óxido Nítrico Medicinal

Oferta completa em gases medicinais e terapêticos

O Óxido Nítrico (NO) é um gás incolor e inodoro, que possui também os nomes de óxido de nitrogênio ou monóxido de nitrogênio.

Na medicina, é utilizado diluído em nitrogênio (N2) com concentrações da magnitude de ppm (partes por milhão). Por este motivo, a mistura de óxido nítrico em nitrogênio possui teores rigorosamente controlados. Essa mistura de NO/N2 é administrada por via inalatória.
O óxido nítrico foi descoberto em 1991 como sendo o “Fator de Relaxamento do Endotélio” estudado até então pelos cientistas do mundo todo. Desde então, devido à sua propriedade de vasodilatador pulmonar seletivo, tem sido utilizado com sucesso no tratamento de Hipertensão Pulmonar Aguda, das mais diversas etiologias, tornando-se a terapia padrão-ouro nestes quadros.

Hipertensão Pulmonar

A Hipertensão Pulmonar se caracteriza pelo aumento anormal da pressão nas artérias pulmonares, modificando a circulação do sangue nos pulmões. Os tipos de Hipertensão Pulmonar cujo tratamento com óxido nítrico é protocolo, oficialmente aprovado e bem estabelecido, são:

Hipertensão Pulmonar Perioperatória (Cirurgia Cardíaca)
Hipertensão Pulmonar Persistente do Recém-Nascido (HPPRN)

Para saber mais sobre a patologia Hipertensão Pulmonar, confira a nossa página Especialidades.

Vasodilatação pulmonar seletiva I Óxido Nítrico

Propriedades e Benefícios da Terapêutica com Óxido Nítrico

O óxido nítrico está presente no organismo humano em condições fisiológicas. Ele é constantemente sintetizado pelo endotélio vascular, pois desempenha papel essencial na regulação da pressão arterial.

A principal grande vantagem do uso do óxido nítrico inalatório é a sua capacidade de atingir somente os alvéolos que estão sendo ventilados e sua curta meia-vida na circulação sanguínea (6 a 10 segundos)

Pois dessa forma, produz vasodilatação pulmonar seletiva, não provocando hipotensão sistêmica indesejada, ocasionada pelo uso de vasodilatadores intravenosos convencionais. Além disso, pelo fato de atingir somente as áreas ventiladas dos pulmões (pois é administrado juntamente com o oxigênio), possui um importante efeito de redirecionamento do fluxo sanguíneo para estas áreas, otimizando dessa forma a relação entre ventilação e perfusão.
O emprego do óxido nítrico inalatório (em concentrações de até 80 ppm) não altera a pressão arterial sistêmica, melhora a oxigenação e oferece melhor shunt pulmonar. Além disso, a vasodilatação pulmonar causada pela inalação de NO é rapidamente reversível após a descontinuação do gás.

O uso do óxido nítrico inalatório:

  • Melhora a oxigenação
  • Otimiza o recrutamento alveolar
  • Evita a necessidade de oxigenação extracorpórea (ECMO)

Estudos realizados em pacientes pediátricos e adultos portadores de Hipertensão Pulmonar indicam que o NO inalatório pode ser administrado de forma segura e eficaz, com a finalidade de realizar vasodilatação pulmonar nestes pacientes, sem causar hipotensão sistêmica. A responsividade ao NO para reduzir a Pressão Arterial Pulmonar e a Resistência Vascular Pulmonar pode ser utilizada para prever a resposta subsequente à terapia com vasodilatadores orais, e está relacionada a uma melhor sobrevida em pacientes com HP.

Uso de iNO em Cirurgia Cardíaca

A Hipertensão Pulmonar em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca se constitui como principal causa de falência do coração direito e morte precoce. O NO tem demonstrado reduzir a pós-carga do ventrículo direito e aumentar seu trabalho sistólico após cirurgia cardíaca.

Uso de iNO em Neonatologia

Em pacientes neonatais, a terapia com NO mostrou combater a hipoxemia desde o início. Alguns benefícios constatados foram:

  • Menor duração da ventilação mecânica: Grupo NO versus Grupo não NO (6 dias versus 7 dias)
  • Menor Tempo de internação na UTI Neonatal: Grupo NO versus Grupo não NO (9 dias versus 12 dias)
Óxido Nítrico

PDF - 883.6 KB

Administração e Monitoramento do Óxido Nítrico Inalatório

A administração do óxido nítrico requer o monitoramento contínuo das concentrações de NO e NO2 (dióxido de nitrogênio) que chegam ao paciente.
A Air Liquide Healthcare disponibiliza aos seus clientes a solução simples e completa para a administração e monitoramento do óxido nítrico: NOx G Series.
Conheça mais sobre o NOx G Series.

A Air Liquide Healthcare possui soluções sob medida para atender às necessidades de cada estabelecimento de saúde. Entre em contato para mais informações sobre a nossa oferta em Óxido Nítrico.

Informações técnicas

  • Meia-vida do gás na circulação sanguínea: 6 a 10 segundos;
  • Concentração comumente indicada: 20 partes por milhão (ppm);
  • Meio de fornecimento: cilindros tamanho B20 (4 m3 de gás).
  • Equipamento para monitoramento das dosagens de Óxido Nítrico: NOx G Series.

Conheça outras soluções da Air Liquide Healthcare